quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Voltarei a ver-te?

Andava desamparado pelas ruas da cidade, à procura de um motivo para sorrir, de um motivo para esquecer as atrocidades desta vida amarga, quando te vi passar.. Quando te vi soube que eras tu quem procurava, quando me enfeitiças-te com o teu olhar, ao soltar um sorriso meigo.. Decidi seguir-te, tentar abordar-te de alguma forma.. De repente, o meu coração dara sinal de vida, batendo mais depressa a medida que me aproximava de ti, moldando os meus lábios num leve sorriso  de esperança.. Tentava chegar perto de ti, atravessando a multidão citadina, seguia o teu perfume, o teu cabelo solto no vento.. A cada passo que dava, a multidão parecia engolir-me aos poucos, tentando evitar que chegasse a ti.. Quando dei por mim, tinha chegado  a uma grande praça, procurava-te com o meu olhar, mas não havia sinal de ti.. Com a esperança a abandonar-me, sentei-me num banco pensando ''será que voltarei a ver-te''?

3 comentários:

  1. Sim senhor, temos escritor ;)
    Agora a sério, gostei muito, tens jeito oh :)

    Méééé, ahah :b

    ResponderEliminar